conecte-se conosco

Cultura

Tailândia promove festival da Cannabis medicinal

País legalizou a planta para fins terapêuticos em dezembro

Published

on

No final de semana dos dias 20 de abril e 21 de abril, a Tailândia recebeu uma feira sobre Cannabis medicinal, com estandes que levavam até alguns vasos da planta para serem apresentados ao público. O encontro reuniu milhares de pessoas, entre eles, pacientes que necessitam de remédios canábicos, cientistas, monges, políticos e jovens interessados.

Workshops foram realizados por especialistas, os quais explicaram as diferenças entre as variedades da planta. Também aconteceram vendas de equipamentos para cultivo, como estufas.

O evento foi um marco para aquela região do mundo, na medida em que a Tailândia foi o primeiro país do sudeste asiático a flexibilizar as leis antidrogas, cujas punições costumam ser severas – em alguns locais, o tráfico é passível de pena de morte.

Legalização aconteceu em dezembro

No dia 25 do último mês de 2018, os deputados tailandeses aprovaram a legalização do uso da Cannabis para fins medicinais e de pesquisa.

A mudança legislativa foi aprovada com 166 votos a favor e 13 abstenções e se deu através de uma emenda à Lei de Entorpecentes de 1979. Um fato que pode parecer inusitado é que a decisão foi tomada por parlamentares escolhidos por uma junta militar, a qual está no poder desde o golpe de Estado que aconteceu em 2014 no país.

Uma curiosidade que pode servir de esperança até para os brasileiros mais céticos quanto à legalização por aqui.