conecte-se conosco

Legislação

Canadá deve iniciar vendas de comestíveis canábicos em dezembro

Doces e bebidas alcoólicas não serão permitidos

Published

on

Na última sexta-feira (14), o governo canadense anunciou que a venda de comestíveis com infusão de Cannabis será legal a partir do dia 17 de outubro, mas que deve entrar em vigor durante o mês de dezembro devido ao tempo de adaptação dos produtores às novas regras.

Itens que podem ser atrativos a crianças, como doces e sorvetes, não serão permitidos. Também não será possível associar esses produtos a atributos saudáveis, bem como a associação com bebidas alcoólicas – um ponto que frustra a expectativa de companhias que já estavam desenvolvendo produtos desse tipo.

Alimentos e bebidas poderão ter até 10 mg de THC, enquanto os extratos terão, no máximo, 1.000 mg por embalagem.

Veja também: Imagina poder relaxar no final de semana com bebidas canábicas?

“As regras adicionais são o próximo passo no processo para reduzir os riscos para a saúde pública e para a segurança da maconha comestível e os extratos de maconha (…), removendo o mercado ilegal destes produtos no Canadá”, explicou Bill Blair, membro do Parlamento.

Preocupado também com a redução de danos, o governo aconselha que não sejam consumidos itens com mais de 2,5 mg de THC e que se tome cuidado com o uso de comestíveis, na medida em que seus efeitos demoram até 2 horas para serem sentidos, mas são mais potentes do que o uso através do fumo.