conecte-se conosco

Legislação

Chipre legaliza Cannabis medicinal

Governo autorizou três empresas a cultivarem a planta

Published

on

Na última sexta-feira (15), o parlamento do Chipre aprovou a legalização da Cannabis para fins medicinais. O regulamento autoriza, de partida, três empresas a cultivarem a planta, número que não deve aumentar nos próximos 15 anos para evitar que o produto legalizado chegue ao mercado clandestino.

Os pacientes autorizados a utilizar o medicamento canábico são aqueles que sofrem de dores crônicas decorrentes de câncer, aids, reumatismo e glaucoma.

Outra medida aprovada foi uma emenda à lei de drogas e substâncias psicotrópicas. Agora, está permitida a importação de grãos e mudas de Cannabis para cultivo com finalidade médica.

O Governo estima que o faturamento anual com a venda de Cannabis medicinal pode chegar a 180 milhões de euros, sendo que a maior parte será destinada aos cofres públicos, podendo beneficiar setores como a própria saúde ou a educação.