conecte-se conosco

Legislação

Entre os deputados eleitos, mais de 40% aprovam Cannabis medicinal

Legalização total da planta tem aprovação de 10% dos parlamentares

Published

on

Um levantamento feito pelo G1 questionou os deputados eleitos sobre 18 temas que devem entrar em discussão no Parlamento no próximo período. Um dos assuntos foi a legalização da Cannabis, algo que tem sido cada vez mais debatido, especialmente pela necessidade de famílias que utilizam o óleo canábico para tratar enfermidades de pacientes.

Os resultados indicaram que 42% aprovam, estritamente, o uso medicinal da planta. Outros 10% são a favor da legalização completa (uso medicinal e recreativo), sendo 25% contrários.

Responderam ao questionário 412 dos 513 deputados eleitos, número que corresponde a uma taxa de participação de 80%. Entre os 101 que não responderam, alguns chegaram a prometer o envio de uma posição, mas não o fizeram.

  • Favoráveis à legalização da Cannabis: 49 (10%)
  • Favoráveis à legalização somente para fins medicinais: 213 (42%)
  • Contrários à legalização da Cannabis: 130 (25%)
  • Não quiseram responder a essa pergunta: 20 dos 412 que responderam ao questionário