conecte-se conosco

Mais

A Cannabis é ilegal, mas Nimbin continua sendo o berço da planta na Austrália

Vilarejo da Austrália é cheio de contradições

Published

on

A decoração do vilarejo de Nimbin, na Austrália, é um tanto quanto diferente do que é visto normalmente pelas ruas do país. Existem muitas roupas e pinturas de arco-íris, folhas de Cannabis decorando as fachadas das lojas e uma alta concentração de hippies – que chegaram no local em 1973 para o Aquarius festival e nunca mais saíram.

Há quem diga que Nimbin é uma espécie de zona rural da cidade de Amsterdã, na Holanda – onde a planta é legal há mais de 40 anos. Desde 1993, a Cannabis é assunto sério no vilarejo, quando o famoso festival MardiGrass esteve no local marcando o início de uma onda de protestos e desobediência civil.

Veja também: Austrália considera legalizar uso recreativo

Neste ano, o festival já está em sua 26ª edição e continua sendo um momento de curtir música, celebrar, protestar e educar. Nesse cenário é até fácil esquecer que a Cannabis é ilegal. O relacionamento com a polícia é considerado bom, porém autoridades de Sidney trouxeram novos métodos de fiscalização que afetaram o último MardiGrass.

Momento de mudança?

Com um policiamento mais acirrado, a planta usada para fins medicinais tem se tornado o foco de investimento na cidade. Para os interessados, será um desafio entender o complexo e delicado ecossistema que envolve a Cannabis em Nimbin.

Veja também: Se legalizar, Austrália estima adicionar quase AU$ 2 bilhões na economia

Fonte: The High Times.