conecte-se conosco

Mais

“Bafômetro da Cannabis” reflete importância da segurança com a legalização pelo mundo

Empresa que desenvolveu o produto deve oferecê-lo para polícias e indústrias

Published

on

A crescente legalização da Cannabis pelo mundo tem gerado benefícios medicinais, econômicos e sociais para as nações e estados que aderem a esse medida. Paralelamente, no entanto, regulamentar o uso da planta é fundamental para que se garanta a segurança de todos – consumidores e não consumidores. Nesse contexto, uma startup dos EUA desenvolveu um “bafômetro da Cannabis”.

Criado pela Hound Labs, em Bay Area, na California, o produto detecta um trilionésimo de grama de THC por litro por até três horas após a utilização. Forças de segurança, por exemplo, podem adquirir o item para fiscalizações de trânsito. Outras interessadas são as indústrias, que necessitam de profissionais bastante atentos na operação de máquinas.

Veja também: Blockchain será usada para rastrear Cannabis

O potencial do “bafômetro” foi avaliado através de um teste clínico com 20 pessoas, número considerado baixo para um experimento desse tipo. A médica Kara Lynch, responsável pela pesquisa, no entanto, ficou animada com os resultados.

“Nenhum estudo para a avaliação do THC na respiração foi maior até o momento. Estudos futuros serão feitos envolvendo mais participantes e com desenhos experimentais variados”, afirmou Lynch.

O alto custo do produto (salgados US$ 5 mil) e a realização de mais testes ainda são desafios para a Hound Labs antes de colocar o aparelho no mercado.

Veja também: EUA contratam “boladores profissionais” de Cannabis para experimento