conecte-se conosco

Mais

Faculdades dos EUA oferecem cursos canábicos

Legislação, química e cultivo fazem parte dos planos de estudos

Published

on

Conforme a legalização da Cannabis cresce nos Estados Unidos, cria-se uma demanda por trabalhadores especializados na indústria, varejo e outros setores do negócio. Nesse sentido, as universidades têm desenvolvido cursos especializados, os quais ensinam diversos fundamentos a respeito da planta.

De acordo com um relatório conjunto da Arcview Market Research e da BDS Analytics, serão gerados 414 mil empregos no país até 2021 para movimentar US$ 40 bilhões.

O Hocking College, de Ohio, está lançando um curso técnico em laboratório de Cannabis. “Estamos sempre procurando inovar na vanguarda”, disse Betty Young, presidente da Hocking. “Enquanto houver empregos, vamos procurar esses programas aqui porque é isso que fazemos.”

A instituição deve investir US$ 2 milhões no laboratório, o qual fará testes de Cannabis quanto à potência, mofo e pesticidas.

Negócios, direito e jornalismo canábico já são oferecidos na Universidade de Denver. Legislação e política sobre a planta são oferecidos pela Universidade Vanderbilt, enquanto a Universidade da Califórnia tem um curso sobre fisiologia da Cannabis. A Northern Michigan University é a que tem algo mais próximo de um “diploma canábico”, na medida em que oferece uma especialização em química de plantas medicinais, tendo grande foco na análise da Cannabis.

Veja também: Amaury Jr. visita universidade da Cannabis