conecte-se conosco

Mais

“Quer tirar todo o poder do traficante? É só legalizar”, afirma Nem da Rocinha

Ele também falou sobre corrupção no exército, governo Temer e sua vida no tráfico

Published

on

Em entrevista ao jornal El País, Antônio Bonfim Lopes, 41, contou bastidores do tráfico de drogas, posicionou-se sobre a legalização e narrou momentos de sua trajetória no comando da maior favela do País. Atualmente, ele está preso na penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, condenado a mais de 96 anos de prisão.

“Você acha que não tem corrupção no Exército?”. O Nem da Rocinha, como ficou conhecido, defendeu que a intervenção federal no Rio de Janeiro “não vai dar em nada”, narrando um episódio que aconteceu durante o seu tempo de “dono do morro”.  “Eu me lembro que alguns militares falavam pros nossos soldados: ‘poxa, não fica com fuzil na rua não, esconde isso porque depois a gente leva bronca do sargento”, relatou.

Nem foi enfático ao apontar a solução para a violência gerada pelo tráfico de drogas: “Precisa legalizar as drogas. Quer tirar todo o poder do traficante? É só legalizar”. Ele defendeu também medidas educacionais que expliquem a fundo as substâncias. “É preciso falar sobre isso nas escolas. Ensinar desde cedo o que é a droga. Não adianta falar apenas ‘droga é ruim’, ‘ não usa’. O jovem tem curiosidade com isso”, explicou.

 

Fonte: El País.