conecte-se conosco

Negócios

América Latina diversifica economia com Cannabis

Uruguai e Colômbia têm novos produtos e serviços

Published

on

Um dos principais benefícios da legalização da Cannabis são os ganhos econômicos. Apesar do atraso na maioria dos países, como no Brasil, nações como o Uruguai e a Colômbia têm aproveitado as vantagens da planta, seja através do uso medicinal ou recreativo.

Ambas as formas foram legalizadas no Uruguai, primeiro país do mundo a tomar essa decisão em nível federal. De acordo com a Junta Nacional de Drogas, os narcotraficantes terem perdido 18% do mercado de Cannabis no primeiro semestre de legalização.

Além da planta in natura, os consumidores podem aproveitar, em breve, outros produtos canábicos. O Instituto de Regulação e Controle da Cannabis (Ircca) avalia a liberação de óleos medicinais e cremes com efeitos relaxantes, artigos que podem tratar, por exemplo, dores musculares e reumatismo. Sabonetes e cosméticos também podem ser autorizados pelo Ircca. Até mesmo um espaguete com Cannabis está para ser lançado por duas empresas do país.

A Colômbia, por sua vez, autorizou o cultivo de Cannabis medicinal. Empresas locais realizam passeios turísticos no Vale do Cauca, apresentando aos visitantes como as plantações eram feitas por camponeses e indígenas.

Quando será que o Brasil vai fazer parte desse time?

 

Fonte: Época.