conecte-se conosco

Negócios

Dinamarca atrai investimentos canadenses com consultoria canábica

Diante dos rígidos critérios da regulamentação, empresa ajuda estrangeiros a se instalarem no país

Published

on

A farmacêutica NNE resolveu aproveitar o aquecimento do mercado canábico para trazer investimentos à Dinamarca. O grupo criou uma equipe de consultoria estratégica para empresas de Cannabis medicinal que desejem se instalar no país, uma forma de auxiliá-las diante das rígidas regras de cultivo, produção e distribuição do país.

Veja também: Canadá arrecada US$ 139 milhões com impostos sobre Cannabis

A ideia nasceu há cerca de um ano, e três meses depois o setor de consultoria da NNE já estava operando. Os principais interessados no negócio são canadenses, como a Atlas.

“Nossa equipe de Cannabis opera com uma nova abordagem em relação ao nosso modus operandi clássico”, explica Jesper Klove, CEO da NNE.

“Com esta nova equipe, a NNE presta consultoria do início ao fim: identificamos a base comercial do cliente e participamos de reuniões com investidores como consultores. Se uma empresa decidir investir em um projeto de Cannabis, podemos ajudar a estabelecer o negócio”, descreveu Klove.

Veja também: Mercado global de Cannabis vai movimentar US$ 194 bi, aponta relatório

Uma das áreas mais recomendadas para a produção canábica é a região de Funen, na zona rural dinamarquesa. Esse, inclusive, foi o local escolhido para estabelecimento da Atlas, um empreendimento que deve gerar centenas de empregos.

“Em vez de focar nos serviços de engenharia altamente especializados da NNE e nos nossos 70 anos de know-how farmacêutico, oferecemos conselhos sobre o início comercial das empresas. Fornecemos estudos de viabilidade, previsões e conselhos sobre locais”, disse Christian Carlsen, diretor comercial da NNE. Ele também explicou a vantagem competitiva de basear negócios de Cannabis medicinais na Dinamarca: as regras locais são bastante rígidas, mas diretas.

“Os participantes deste mercado prevêem que as empresas que atendem aos altos, mas claros requisitos regulatórios da Dinamarca, também atendem de 85 a 90% dos possíveis requisitos europeus. Assim, a NNE dinamarquesa é um parceiro atraente para empresas com planos de expansão na Europa. Somos consultores de confiança de vários dos principais players. Nossos clientes trabalham conosco na Dinamarca e também internacionalmente”, concluiu o diretor comercial.