conecte-se conosco

Negócios

Dispensário estimula educação de seus funcionários para fortalecer a indústria

O objetivo é melhorar o conhecimento dos funcionários de dispensários

Published

on

O uso recreativo de Cannabis em Nevada, nos Estados Unidos, é legal há pouco menos de um ano e especialistas preveem um grande crescimento no local nos próximos meses.

O que os empreendedores perceberam é que existe pouco incentivo à educação canábica, principalmente nos dispensários. Jason Sturtsman, CEO da Budtender Fight Club, em Las Vegas, notou essa carência e decidiu investir no conhecimento de seus funcionários.

O objetivo é equipar melhor a força de trabalho e ajudar também quem quer entrar nesse ramo. “Conhecimento é poder. E a indústria de Cannabis está crescendo tão rapidamente agora, que ter as pessoas que a conhecem sabendo o que está acontecendo é muito valioso para toda a comunidade”, comenta Anthony Lee, chefe do dispensário.

 

Aulas todo mês

A Budtender Fight Club irá oferecer aulas mensais aos seus empregados. A última edição trouxe três especialistas para debaterem suas áreas de especialização. Um deles falou sobre a extração de ingredientes para fazer produtos com infusão de Cannabis; outro comentou sobre os usos do canabidiol; e o último falou sobre o procedimento de testes de produtos canábicos.

Para Neal Randell, atual bartender e aspirante a budtender, as aulas são fundamentais para o seu desenvolvimento. “Na verdade, eu aprendi mais sobre as raízes [como são feitas] e foi bastante fascinante”, comenta.

Com tantos tipos de produtos de Cannabis e com a popularidade cada vez maior do setor, é esperado que mais pessoas queiram se especializar na área como “sommeliers da Cannabis”. “Você verá budtenders que são extremamente qualificados em serem capazes de reconhecer esses terpenes. Eles serão capazes de fornecer produtos com nuances nas experiências que eles podem criar”, diz Sturtsman.

Fonte: KTVN.