conecte-se conosco

Negócios

Elon Musk e a Cannabis: será que tudo foi uma jogada de Marketing?

Em entrevista, o empresário fez uso da planta ao vivo

Published

on

CEO e Chairman da Tesla, Elon Musk, é alvo de muitas polêmicas. Ele criou a montadora de carros elétricos, inclusive enviando uma unidade ao espaço. Por muitos, ele é visto como um visionário e, por outros, doido. Mas, afinal, ele consumir Cannabis ao vivo foi um golpe de Marketing ou não?

Vamos recapitular

No podcast do comediante Joe Rogan, no YouTube, Elon foi questionado sobre diversos assuntos. Durante a entrevista, o CEO fumou ao vivo o que seria uma mistura de tabaco e Cannabis.

Quando perguntado se já havia consumido a planta, Elon respondeu: “fumo quase nunca, não acho muito bom para a produtividade. É como o contrário de uma xícara de café”, disse.

Ver um empresário que tem seu patrimônio avaliado em mais de US$ 20 bilhões consumindo – ou pelo menos falando de – Cannabis, virou meme na internet e mais: fez as ações da Tesla caírem 6% no mesmo dia.

Tumulto nas redes sociais

Digamos que a cena não foi tão inesperada, uma vez que o empresário criou um tumulto nas redes sociais, pouco tempo antes do programa, ao publicar a seguinte mensagem no Twitter.

Em português: “Estou pensando em fechar o capital da Tesla a US$ 420 (preço por ação)”, escreveu. Segundo ele, o número nada tem a ver com a referência da Cannabis e sim por um arredondamento de suas contas.

Considerando uma alta de 20%, valor das ações negociadas nos dias anteriores, seria justo pedir US$ 419 por unidade. Para isso, ele arredondou, pois “parecia ser um karma melhor”.

A poeira já baixou, mas não nos surpreenderíamos caso ele anunciasse algum investimento no mercado da Cannabis muito em breve. Apesar da demonstração de conservadorismo com a queda das ações, as últimas atitudes de Elon teriam enfim algum fundamento.

E você, o que acha: foi uma sacada de Marketing ou apenas coincidência?