conecte-se conosco

Saúde

Segurança da saúde só com a legalização do consumo

Bloco esquerdista de Portugal apoia o controle da Cannabis

Published

on

Existem diversas formas de conseguir Cannabis de maneira ilegal em Portugal. É o que acredita Moisés Ferreira, deputado do Bloco de Esquerda (BE). “Enquanto isso estiver na ilegalidade, há problemas de segurança e de saúde pública”, comenta Moisés, na Assembleia da República.

Para ele, o controle da planta será uma consequência da legalização. O partido visa, futuramente, estender o consumo abrangendo as duas formas: medicinal e recreativo.

Em debate promovido pela comissão coordenadora jovem do BE, o deputado ressaltou que a segurança só pode ser garantida se a Cannabis for aprovada como um todo, caso contrário o mercado negro ainda será uma alternativa. Ele acredita que as pessoas precisam ter acesso total à procedência do que estão consumindo – afirmação que seria utópica.

Aprovação promulgada

Em junho, a notícia da aprovação foi divulgada no país. E na última terça-feira, 10 de julho, o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa promulgou a legalização da Cannabis para fins medicinais.

Veja também: Cannabis medicinal é aprovada em Portugal

Fonte: JM e Observador.