conecte-se conosco

Saúde

Senado aprova mês de conscientização com debate sobre Cannabis

Julho Amarelo promoverá ações de luta contra hepatites virais

Published

on

Na última semana, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou relatório do senador Paulo Rocha (PT-PA) com proposta para instituição do Julho Amarelo (PLC 35/2018) no País. Durante esse mês, uma série de ações sobre a luta contra hepatites virais serão realizadas – e a Cannabis é parte da pauta.

Duas mesas de debates sobre a Cannabis medicinal serão realizadas pela Comissão. O tema foi um pedido da presidente da CAS, a senadora Marta Suplicy (MDB-SP), e vai tratar da descriminalização do cultivo da Cannabis sativa para uso pessoal terapêutico.

O mote da primeira mesa será “Maconha Medicinal: caminhos e alternativas para a legalização” e deve contar com os psiquiatras Valentim Gentil e Luís Fernando Tófoli, da Universidade Federal de São Paulo (USP); o neurocientista Renato Filev, do Centro Brasileiro de Informação sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid); a advogada Margarete Brito, da Associação de Apoio à Pesquisa e a Pacientes da Cannabis Medicinal (Apepi); e a bancária Cidinha Carvalho, presidente da Cultive Associação de Cannabis Medicinal.

Na segunda mesa, o tema será  “Educação para a Prevenção e Ciência sobre as Repercussões do Uso da Maconha na Adolescência” e serão convidados representantes da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Educação, do Hospital Universitário da USP, do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas (Reforma).

As datas dos encontros, no entanto, ainda não foram definidas. Mas fique de olho no Cannabidiol Brasil para acompanhar todas as atualizações!

Fonte: Agência AIDS.